Viewing entries tagged
Sindicer/PB

Estudo para caracterização do desempenho de alvernarias de vedação de blocos cerâmicos.

image

Nosso país tem sofrido transformações de forma acelerada em seu cenário produtivo e econômico, onde através dessas transformações surgem as necessidades de investimentos na melhoria de qualidade e produtividade dos setores produtivos e em especial as empresas da construção civil.

O Brasil por ter uma extensão continental apresenta-se como um país com grandes diversidades econômicas e regionais. Cabe ao Ministério das Cidades o papel de estabelecer uma estrutura de critérios com que venha alinhar o crescimento econômico sustentável de todo o território, tendo a frente entidades homologadoras como IPT para definir parâmetros de mensuração a nível nacional e que atenda as exigências de qualidade e desempenho de cada segmento produtivo.

Com a criação da Norma ABNT NBR 15575/2013, o segmento de construção civil se deparou com a existência de poucos estudos que avaliam impactos ambientais e de desempenho relacionados à produção de materiais de construção. Tais estudos são fundamentais para a definição de requisitos voltados ao desempenho dos materiais e componentes das edificações habitacionais.

Este trabalho, da qual o SINDICER/PB faz parte, discute os principais impactos ambientais e sociais associados à produção de tijolos, blocos e telhas, apontando estratégias que podem ser adotadas pelo setor para melhorar seu impacto no meio ambiente e nas exigências da Norma no que diz ao desempenho de paredes, interna e externa, forma de construção, acústica, isolamento térmico e umidade.

Os clientes aumentam as exigências em relação à qualidade das obras e as passam a exercer seu poder de compra, exigindo requisitos da qualidade para materiais.

A indústria da construção civil será o alvo de fiscalização por parte dos agentes do governo e de entidades financeiras e deverá responder em primeira estância pelo processo de atendimento ao cliente e pela qualidade definida na Norma ABNT 15.575/2013. Neste processo, os fornecedores, onde os ceramistas se incluem, responderão em segunda estância pela qualidade de seus produtos.

O presente trabalho visa à homologação dos critérios de qualidade e desempenho dos produtos da indústria de cerâmica vermelha junto ao Ministério das Cidades, trabalho feito a nível nacional com a participação de mais 10 sindicatos, ANICER e o IPT. Teremos critérios de padrão nacional de Qualidade. Cumpre lembrar que outros componentes da Construção Civil estão em busca da homologação.  

Palestra sobre os avanços no setor de cerâmica vermelha

Foi realizada no Hardman praia hotel dia 27 de janeiro de 2009 e teve como palestrante Silmas Pareico da ANICER. Como primeira visita, veio analisar como está o setor na Paraíba e identificar pontos de crescimento. Neste encontro foi iniciada a idéia do seminário sobre alvenaria estrutural e racionalizada com blocos cerâmicos. 

Foi debatida também a importância de se associar ao SINDICER-PB, também definindo suas futuras atividades. Na ocasião, o palestrante também esteve representando o presidente da ANICER (Associação Nacional da Indústria Cerâmica), Luiz Lima, falando sobre avanços no setor a nível nacional, assim como debateu o fomento ao associativismo regional. Acreditamos que o associativismo é a melhor maneira para que as empresas se fortaleçam mutuamente, crescendo assim o setor como um todo.